Fake News, o que é e como não cair nela.

Você já deve ter ouvido falar desse termo, mas você entende na prática como as Fake News funcionam? O termo não é novo, ele já vem sendo usado desde o final do século XIX, sua tradução literal para o português é notícia falsa.

Em tese as Fake News são mentiras divulgadas como verdades e espalhadas pela rede. Essas informações falsas são utilizadas para fins de denegrir a imagem de alguém, prejudicando pessoas comuns, celebridades, políticos e empresas, e, em alguns casos, para atrair acesso a sites para que esses possam faturar com publicidade digital.

Segundo a PSafe, empresa brasileira que desenvolve aplicativos para telefones celulares, três em cada quatro usuários acessaram um notícia falsa no primeiro semestre de 2018, o gráfico abaixo mostra como esses dados foram mapeados por regiões em todo o país.

Mas como combater as Fakes News? Existe algo que podemos fazer para saber a veracidade da notícia?

Existem já alguns meios se identificar se alguma notícia é falsa, inclusive algumas empresas tem se especializado nisso, com sites que trabalham exclusivamente para fazer análise dessas notícias e saber a verdade por trás dela.

Um ponto interessante que devemos analisar: boatos sempre existirão e sempre vão existir, o velho ditado popular que diz “quem conta um
conto aumenta um ponto” é uma verdade. O que precisamos entender é que com a utilização da internet as falsas notícias ganharam força, e isso têm refletido de maneira negativa em nossa sociedade.

É preciso desconfiar das manchetes que circulam na rede, pois como as falsas notícias se espalham rapidamente nem sempre dá para confiar no que está sendo compartilhado.

Para ajudar nisso vamos dar algumas dicas de como evitar cair nas armadilhas das Fake News:

  • Confira o site da notícia:

Como dito anteriormente, existem empresas especializadas somente para publicar falsas notícias na internet, procure se informar através dos grandes portais de notícias na web.

  • Leia todo o artigo:

Abrir o link da notícia e não somente ler a manchete vai te ajudar a não cair nas Fakes News. E em muitos casos a leitura já é suficiente para saber que há algo de errado com a notícia, que não há coerência no que está sendo informado.

  • Confira erros gramaticais:

Quem escreve de maneira profissional se atenta bem a isso, se uma notícia tiver muitos erros de português desconfie, falta de compromisso com a gramática é um dos principais sinais para se identificar uma notícia falsa.

  • Não confunda notícia com opinião:

Hoje em dias as pessoas podem falar o que quiserem na internet, isso tem o seu lado positivo, mas também permite que muitas confusões aconteçam. Leia com cuidado e faça as interpretações de maneira correta.

Tenha interesse em saber as informações verdadeiras, pois, quanto mais pessoas estiverem dispostas a aprender e entender como funciona o mundo das Fakes News mais fácil será combater essa prática

Adicione o texto do seu título aqui

Copyrigth © Consiga Cred 2019

A Consiga Cred, sob o CNPJ 11.395.769/0001-72, com sede na Av. Sampaio Vidal, 250 Centro do município de Marília, no estado de São Paulo, CEP 17500 020. E para entrar em contato encaminhe um e-mail para contato@consigacredi.com.br. Somos correspondente bancário e representamos instituições que oferecem soluções financeiras, possuímos uma plataforma agência bancária online que facilita o acesso de clientes a produtos e serviços ofertados por empresas credenciadas na plataforma. Somos autorizados a realizar empréstimo consignado pelos bancos Bradesco Promotora, Correspondente Itaú Autorizado, Banco PAN, Banco Safra, Banrisul, Crefaz, Mercantiz do Brasil, BV Financeira, CCB, Olé Consignado, Banco Daycoval, Cetelem, JBCred, Banco Inter, PortoCred Financeira, entre vários outros. *Os valores e prazos estão sujeitos à análise de crédito e aprovação conforme a política de crédito da Instituição Financeira. Exemplo representativo: Um empréstimo de R$ 9.000 com parcelamento em 18 (dezoito) vezes acarretará em 18 parcelas de R$ 702,09. Ao final do empréstimo o montante a ser pago será de R$ 12.637,62. Dados adicionais do exemplo: IOF: R$ 242,13. Tarifas: R$ 0. Juros mensais: 3,52% a.m. Juros anuais: 51,52% a.a. CET: 58,35% a.a. O CET obtido através da Consiga Cred pode variar de 2,97% a 17,39% ao mês (42,80% a 584,61% ao ano), dependendo da análise de crédito do cliente e da opção de parcelamento (que pode ser de 6 a 72 vezes).